O SINFONIA.BR

Histórico

Sediado no Ceará e criado em 2013, o Sinfonia.br (Sistema Brasileiro de Bandas e Orquestras) é uma instituição cultural que tem por objetivo promover a educação musical de crianças e jovens, democratizando também o acesso da população à música de concerto. Inspirado no “El Sistema” venezuelano e idealizado pelo maestro cearense Arley França, o Sinfonia.br surgiu a partir da sistematização da experiência formativa musical desenvolvida pelo maestro na Escola de Música de Pindoretama, no litoral leste do Ceará.

Os Intercâmbios realizados pelo maestro Arley França em instituições como Istituto Guido Alberto Fano (Itália), Canford School of Music (Inglaterra) e Pittsburg State University (Estados Unidos) foram essenciais para a ampliação do programa, que inicialmente contemplava apenas bandas de música e passou a desenvolver ações voltadas também para orquestras.

O projeto prioriza a troca de experiência entre gestores de escolas de música, estudantes de música e músicos profissionais, tendo como foco a gestão, formação musical e difusão de bandas de música e orquestras infantojuvenis. Através de seus idealizadores, o Sinfonia.br colaborou para a implementação de bandas e orquestras em diversas cidades do Ceará.


 

 

Atualmente a instituição é coordenada pelo maestro Adriano Martins, regente titular da Orquestra de Sopros de Pindoretama e desde 2015 conta com o apoio do violinista Paulo Leniuson, que é spalla e regente assistente da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho. Outros músicos e maestros brasileiros decidiram apoiar a iniciativa e em 2017 o programa levará suas ações para os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro.

Além da Orquestra de Sopros de Pindoretama, que já representou o Brasil em festivais na Alemanha e Noruega, integram o Sinfonia.br a Orquestra Alberto Nepomuceno, Orquestra Sinfonia.br, Banda Sinfônica Jovem do Ceará e Orquestra Sinfônica Infantojuvenil de Pindoretama.

Missão

Incluir socialmente através da música crianças e adolescentes, formando instrumentistas com excelência artística e cidadãos críticos e atuantes na sociedade em que vivem.

Visão

Tornar-se o maior programa de formação musical para crianças e adolescentes no Brasil, tendo como principais pilares a valorização dos profissionais envolvidos no processo e a busca de parcerias com o poder público e a iniciativa privada.